#PAPODEPROFISSIONAL

 

Ela está para o cabeleireiro assim como o pincel para o maquiador ou o esmalte para a manicure.

Estamos falando da tesoura, inventada pelos egípcios, o acessório passou a ser usado para cortar os fios pelos romanos por volta do século 100.

Confira a anatomia da tesoura:

 

Com o tempo seu formato foi evoluindo  bastante assim como sua utilização. Confira os tipos:

TESOURA FIO A LASER

Conhecida como tesoura de precisão. A lâmina contém microserrilhas em um ou nos dois lados. Ela segura o fios e impedem que ela escorregue. Conforme especialista Gilson P. Santos.

Indicação: Cortes simétricos como o chanel, de bases retas e sólidas . Indicada para os fios lisos e menos volumosos.

Alerta: Não é indicada para estilização e texturização devido as microserrilhas que dificultam o deslizamento.

TESOURA DENTADA

Resultado de imagem para tesoura dentada mundial

Também conhecida como debastadora, apresentava variação nu número de dentes. Sua função é tirar o peso da madeixas e não o comprimento. Quando ,mais espaçada ela for, mais cabelo é tirado.

Indicação: Ótima para se trabalhar com os curtos, pois distribuiu melhor as mechas, controla bem o volume de cachados e crespos pois confere leveza ao resultado final do corte.

Alerta: Na utilização na com menos dentes, é preciso ter uma habilidade maior pois qualquer descuido pode tirar além do desejado. Nunca utilizar em cabelos finos e com pouco volume podem ficar com aspecto de murchos.

TESOURA FIO NAVALHA

É  a mais afiada de todas as tesouras, funciona exatamente como o seu nome diz, só que em dose dupla. As tesouras dessa classificação variam de 3,5 a 7 polegadas e o grau de desfiamento aumenta de acordo com o tamanho.

Indicação: Se a proposta for dar movimento as madeixas, aposte nessa versão.

Alerta: Evite técnicas de desfiamento em cacheados e crespos. Por serem naturalmente irregulares, deixa-los ainda mais desiguais pode fazer com que o caracol perca a forma e sofra com o frizz.

Tesoura-Belliz-Bronze-Navalha-55-33459.00

 

DICAS AFIADAS

  1. Após o uso, limpe a tesoura entre aberta como uma toalha limpa e seca para retirar os cabelinhos que restaram do corte.
  2. Os materiais das tesouras variam do aço inoxidável ao titânio. O que muda é a vida útil de cada um: dois e sete anos, respectivamente.
  3. Para escolher o tamanho correto, coloque a ferramenta no centro da mão aberta. Os anéis devem ficar na base da palma e a ponta da lâmina deve alcançar a extremidade do dedo médio.
  4. O botão de ajuste não pode estar apertado demais, caso contrário, uma lâmina atritará com a outra, prejudicando a vida útil da afiação e até mesmo do equipamento.
  5. Para saber se a regulagem esta boa, levante a tesoura pelo lado que tem o freio. Deixe a aba com o descanso para o dedo ereta e solte. As duas partes devem ficar levemente abertas. Caso fechem, aperte o botão aos poucos; se não se mexem, afrouxe um pouco mais.
  6. Lubrifique com óleo especifico a cada 15 dias, quando o uso for intenso, ou 30 dias, se for moderado. Aplique na base do parafuso e movimente os lados para distribuir uniformemente. Guarde-a fechada

Fonte: Cabelos & Cia